Novidade

Curso de Guitarra Intermediária 2 - EM&T Online

Curso de Guitarra Intermediária EM&T Online.

{{ReviewCtrl.average}} Estrelas ({{ReviewCtrl.reviews_quantity}} avaliações)
{{ReviewCtrl.average}} Estrelas ({{ReviewCtrl.reviews_quantity}} avaliações)
{{ReviewCtrl.average}} Estrelas ({{ReviewCtrl.reviews_quantity}} avaliações)
{{ReviewCtrl.average}} Estrelas ({{ReviewCtrl.reviews_quantity}} avaliações)
{{ReviewCtrl.average}} Estrelas ({{ReviewCtrl.reviews_quantity}} avaliações)
Criado por EM&T Online 3443 Inscritos no Curso Última atualização em 12/2019

Quais são os requisitos?

  • É necessário algum conhecimento teórico prévio
  • É importante e necessário estudar pelo menos 30 minutos por dia
  • É Importante ter desejo e empenho por aprender
  • É importante e necessário já ter tido algum contato e/ou domínio sobre o instrumento/curso

Descrição

Aulas de Guitarra para pessoas que já iniciaram no instrumento. Curso que compõe o EM&T Online

Conteúdo Apresentado

Instrutores do Curso

Wanderson bersani d11daef20f1dc166318a203da77755a93cf121d25d9aa47f8a45af827c9c9de2


Wanderson Bersani

É um profissional que está na EM&T desde o início. É professor e coordenador do IG&T – Instituto de Guitarra e Tecnologia.Além disso, também é o editor da revista Total Guitar Brasil.

Wanderson fez aulas com Wander Taffo, Mozart Mello, Claudio Leal, se formou na ULM (Universidade Livre de Música) e fez uma pós-graduação que o levou a pesquisar musicologia e também a música indiana. Profissionalmente, além das aulas, Wanderson acompanhou músicos e cantores, tocou na noite com bandas cover e com som próprio e escreveu para revistas de música. Chegou a acompanhar um circo itinerante.

Das bandas de heavy metal, suas influências passaram por diversos músicos, entre os quais cita Al Di Meola, Eric Johnson, Joe Bonamassa, Steve Morse e John McLaughlin, entre outros.

Michel caramelo 7a3e00d2f843f2d07d6fe58a9a61c908985faa186fc4ce7356a7ae0c60dbde9c


Michel Caramelo

Foi aluno do Wanderson Bersani na EM&T.

Se formou no IG&T em 2004 e um ano depois se tornou professor da escola: “Acho fascinante ver os alunos aprendendo as coisas, gosto de abrir os olhos deles e fazê-los entender a música. Dar aula é como fazer pós-graduação em música”.

As primeiras influências de Michel foram guitarristas de rock como Joe Satriani, Steve Vai e Steve Morse. Sua passagem para o jazz e o fusion – estilos com o quais se identifica atualmente – se deu depois de ter aulas, no IG&T, com Mozart Mello.

Em 2015, Michel Caramelo lançou o disco “Take 1” – gravado ao vivo e cheio de improviso e ainda com participação de outro professor do IG&T, Michel Leme.

Fabio santini 6f2094c4610cbdc295b7f6b628ed13217859a01bee149bfeefab5026988b67e9


Fabio Santini

Músico profissional desde 1989, Fabio Santini é professor de música, guitarrista, produtor e arranjador. Já lecionou em várias escolas e conservatórios de São Paulo. Atualmente é professor de guitarra do IG&T, Instituto de Guitarra e Tecnologia na EM&T e do site Guitarpedia.

Escreveu o método Guitarra Fusion lançado pela editora EM&T e as partituras que compõem o Song Book de Sá e Guarabyra, lançado pela editora Vitale.

Como guitarrista já acompanhou artistas como Oswaldinho do Acordeon, Elba Ramalho, Celinha (Fat Family), Sivuca, Fernanda Porto, Celso Pixinga, Mozart Mello, entre outros. Participou dos discos “Um Bom Forró” e “Asa Branca Blues” de Oswaldinho do Acordeon.

Participou também do disco “Dupla Dinâmica” e do DVD “Celso Pixinga Quartet” de Celso Pixinga. Também participou da gravação do disco “Amanhã” do trio Sá, Rodrix e Guarabira. Atualmente é guitarrista da banda de Sá & Guarabyra.

Marcio okayama 1ef252390beea77c14b89d14615fb9023730b9cb24594955fae99d46cada68d6


Marcio Okayama

Marcio Okayama fez aulas particulares com Michel Périé, Wander Taffo e Mozart Mello. Aos 18 anos já tocava em bandas, fazendo versões e música própria e também começou a dar aulas particulares.

Se formou na Faculdade de Música Carlos Gomes em violão erudito. Já tocou com músicos renomados, fez trilha para cinema e produziu bandas. No IG&T, leciona desde o início, em 1997: “A gente mais aprende do que ensina. E é preciso estar tocando para ensinar, uma coisa está ligada a outra”.

Suas influências são variadas e o músico cita três artistas como principais: Beatles, Jimi Hendrix e Pete Townshend, do The Who. Mas Mike Stern, Jason Becker e Michael Hedges também estão em sua lista. Entre os brasileiros, cita Mozart Mello, Wander Taffo, André Christovam, Ulisses Rocha e André Geraissati que talvez o tenham influenciado.

Fernando penteado 4ebb7cd7e9b41a93319be1dacde897f337dc09ef6d086b50ad55fc815bfbd5de


Fernando Penteado

Aos 20 anos, mudou-se de Minas Gerais para São Paulo e fim de se aprofundar no estudo da guitarra. Se matriculou na EM&T e se formou tendo estudado com os professores Marco Angi e do Mozart Mello.

Professor da EM&T desde 2013, passou a viver exclusivamente de música, tocando em bandas, acompanhando artistas, fazendo gravações e dando aulas particulares.

Sobre influências, Fernando Penteado cita David Gilmour como o primeiro guitarrista que chamou sua atenção – o rock progressivo foi algo que conheceu com o pai. Depois veio Eric Johnson, que Fernando conheceu através do G3, e também Stevie Ray Vaughan, do Blues, e Bret Manson, do Country. Eles continuam sendo influência para Fernando e hoje o professor tem prestado atenção também em baixistas como Marcus Miller e Jaco Pastorius e na guitarra com groove, mais suingada.

Fernando quesada 55b35fff8f4474011d6e14f06aca18acb841e00e55297e443fcd6c500afb76d0


Fernando Quesada

O músico fez seu primeiro estágio em um estúdio de ensaio e gravação aos 15 anos e ao acompanhar gravações de bandas das quais era fã, como Angra e Shaman – Quesada decidiu que queria trabalhar com produção musical e direcionou seus estudos para isso.

A experiência como professor começou cedo: ainda adolescente, dava aulas de guitarra para crianças do bairro. Aos 22 anos, depois de fazer um workshop no CEUNSP (em Salto, interior de São Paulo), foi convidado a dar aulas na faculdade.

Fernando Quesada fez cursos de produção nos EUA e concluiu graduação e pós-graduação em marketing, visando o mercado musical.

Em 2011, começou a dar aulas na EM&T, no recém-inaugurado curso de produção musical. Hoje, o produtor musical internacional, formado em Music Business pelo Halsey Institute Oklahoma toca nas bandas Noturnall, Shaman e Anie e é coordenador do IA&T – Instituto de Áudio e Tecnologia.

Junior carelli f61c59624bb3f7a84053351a4de29b805bf24c9a844a95dfb6634790cb4494d1


Junior Carelli

O primeiro contato de Juninho Carelli com a música foi na igreja que frequentava. Se encantou com o teclado e teve como primeiro professor, aos 8 anos, Evaristo Fernandes, pianista, compositor e arranjador da banda Voz da Verdade. Depois disso, ingressou no conservatório Fundação das Artes (São Caetano do Sul/SP), onde se formou. Fez aulas particulares e aos 18 anos estudou com Emílio Mendonça na EM&T durante um ano.

Logo começou a trabalhar como músico, acompanhando cantores, tocando na banda do programa Pânico na TV. Mas também quis fazer uma faculdade e escolheu Rádio e TV – quando surgiu o interesse pela produção de vídeos e o lançamento de sua própria produtora, a Foggy Films. A música e a produção de vídeo, se complementam para Junhinho.

Hoje, Juninho Carelli toca na banda Noturnall, além de participar de outros projetos musicais. A experiência como professor começou no CEUNSP, dando aulas de produção de vídeo e em 2001 Carelli começou a lecionar na EM&T, na mesma área. Hoje, dá aulas de teoria musical no IA&T e, junto a Fernando Quesada, coordenador da EM&T Online.