Pessoas que sentem arrepios quando escutam música podem ter um cérebro especial

Blog do Music Jungle

Por Equipe Music Jungle em 28 de Novembro de 2017

Uma pesquisa afirmou que: Ouvir música e se arrepiar não está ligado apenas com suas emoções, você pode realmente ter um cérebro único.

Cientistas da Universidade do Sul da Califórnia examinaram as varreduras cerebrais de 20 estudantes, metade dos quais tiveram reações intensas à música e a outra metade não teve nenhuma reação.

Depois que cada participante ouviu uma música selecionada, os pesquisadores compararam as varreduras e descobriram que aqueles que reagiram as músicas de uma forma mais intensa tinham uma estrutura neurológica distinta.

As pessoas que sentiram calafrios tem um maior volume de fibras neurológicas que ligam seu córtex auditivo à parte do cérebro que processa as emoções.

Matthew Sachs, co-autor do estudo, explicou que, “mais fibras e maior eficiência entre duas regiões significa que você tem um processamento mais eficiente entre elas “. Sachs também concluiu que as pessoas que ficam arrepiadas ao ouvir música podem experimentar emoções em um nível mais intenso do que aqueles que não se arrepiam, independentemente de estarem ouvindo uma música ou não.

Esse estudo descobriu que a música poderia ser crucial para ajudar as pessoas a gerenciar suas emoções.

O neurocientista Dr. Hauke Egermann examinou as respostas de 20 participantes a quatro músicas diferentes e descobriu que ouvir músicas supostamente "tristes" poderia melhorar o humor de alguém.

"Essas descobertas fornecem mais evidências de que a música pode formar uma parte importante do nosso bem-estar mental geral, ajudando-nos a regular nosso humor", afirmou Hauke.

A música "triste" que os participantes ouviram no experimento de Egermann foi "9 Crimes" de Damian Rice.